Soraya Leite – Assessora de Comunicação 

A Prefeitura de Limoeiro de Anadia iniciou as discussões preliminares para a implantação da coleta seletiva no município.

O objetivo do prefeito Marlan Ferreira é reduzir, ao máximo, o descarte irregular de lixo no meio ambiente e diminuir o volume de resíduos sólidos destinados ao aterro sanitário, incentivando a reciclagem.

Em reunião com os secretários municipais de Limoeiro, o superintendente do Consórcio Regional dos Resíduos Sólidos do Sertão Alagoano, Eraldo Nunes, a convite do prefeito Marlan Ferreira, apresentou as especificidades do programa e as etapas a serem cumpridas para sua implantação.

O primeiro passo será encaminhar à Câmara de Vereadores o projeto de lei  instituindo o Programa Municipal de Coleta Seletiva e Educação Ambiental, cuja minuta está sendo elaborada pela equipe técnica da Procuradoria Geral do Município (PGM).

Paralelo à aprovação do programa, será criado um Comitê Gestor, formado por representantes de cada secretaria, para coordenar as ações de implantação da coleta seletiva em Limoeiro. Caberá ao Comitê elaborar um plano de trabalho, de acordo com a área de atuação de cada secretaria.

Segundo Eraldo Nunes, a coleta seletiva é uma ação ampla, que envolve toda a sociedade, e só trará os  resultados esperados se houver o comprometimento de todos para que o projeto tenha continuidade nas próximas gestões e seja incorporado ao dia a dia da população.

“Não basta apenas que a Prefeitura implante o plano. É preciso que a comunidade seja envolvida na ação e estimulada a separar o seu lixo de forma adequada”, disse.

A coleta seletiva é o meio mais eficaz de destinação correta do lixo doméstico, reduzindo significativamente o descarte irregular, com impactos positivos na preservação do meio ambiente, na melhoria da qualidade de vida e, também, na geração de emprego e renda, por meio da estruturação da cadeia produtiva de reciclagem.

Para o sucesso do programa, a Prefeitura irá investir em capacitações em educação ambiental, envolvendo professores e alunos, lideranças políticas e comunitárias; e na estruturação da Associação dos Catadores e Recicladores de Lixo de Limoeiro de Anadia (Cidade Verde), para o fomento da reciclagem e a organização da categoria.

O secretário-geral de Governo, Max Ferreira, ressaltou a importância do engajamento de todos, acrescentando que a coleta seletiva será iniciada pelos órgãos municipais, com a conscientização dos servidores. “Precisamos dar o exemplo”.

Estudantes que integram as Comissões do Meio Ambiente e Qualidade de Vida (Com-vidas) irão participar da implementação do Programa Municipal, como multiplicadores das ações de conscientização ambiental nas comunidades. O Com-vidas é formado por cerca de 60 alunos do Ensino Fundamental II das escolas públicas de Limoeiro de Anadia.

A reunião contou com a presença dos secretários municipais de Administração, Andréia Pereira; de Agricultura, José Tenório; de Assistência Social, Amanda Tenório; de Educação, Antonio Martins; de Finanças, Marciel Oliveira; Geral de Governo, Max Ferreira; da Mulher, Eloísa Ferro; do Meio Ambiente, João Boró; e da Saúde, Felipe Boró, além do secretário-adjunto de Meio Ambiente, Emannuel Falcão, e do presidente da Associação dos Catadores e Recicladores de Lixo (Cidade Verde), Genésio Lira.