Mais de mil kits com produção da agricultura familiar foram entregues às famílias em situação de vulnerabilidade

Mesa garantida no fim do ano para a população limoeirense que, a partir desta terça-feira, 16, recebe mais uma remessa do Plano de Aquisição de Alimento (PAA). Através de contrato de um ano junto à Companha de Nacional de Abastecimento (CONAB) e à EMATER foram entregues milhares de kits de alimentação, distribuídos desde às 8 horas pela Prefeitura de Limoeiro de Anadia, através da Secretaria de Assistência Social e da Secretaria Municipal de Agricultura.

Macaxeira, abóbora, abacaxi, pimentão, melancia, batata doce, legumes, farinha de mandioca, bananas, inhame e até bolos de macaxeira e cenoura foram distribuídos para as famílias do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e do Programa Criança Feliz. Ambos integram o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) dos coletivos do centro da cidade, além de comunidades Camadanta, Pé-leve, Genipapo, Inxundia, Juá, Jurema e Covos.

Os produtos chegaram no início de dezembro e, desde então, vêm sendo organizados em kits, higienizados e distribuídos para entrega à população em condições de vulnerabilidade. Em meio a uma pandemia que tornou as condições ainda mais difíceis para a população, a entrega do PAA vem sendo uma ação fundamental na garantia de segurança alimentar.

“O PAA no meio da pandemia ajudou muitas famílias que não tinham condições nenhuma de comprar, e não tem campo de trabalho nesse período. E foi possível contribuir nesta gestão com a viabilização desse direito. Houve engajamento muito grande também entre as Secretarias, o que foi muito importante, com Saúde, Educação, Agricultura, Obras. Essa articulação foi essencial para ter dado tudo certo”, relata a secretária municipal de Assistência Social, Ana Paula Barbosa. Do outro lado da cadeia, seguiu ainda o reforço para a agricultura familiar.

“Foi muito importante porque são alimentos comprados de agricultores familiares, que integram a maior parte das famílias em nosso município. Esses alimentos são os destinados para as famílias que estão mais vulneráveis e fazem parte dos programas do CRAS”, informou. Os alimentos se estendem em 2021, enquanto seguir a duração do contrato com os órgãos estaduais e federal.