O isolamento social imposto como medida necessária para contenção do Coronavírus trouxe um desafio enorme para estudantes que tiveram suas aulas suspensas. Em Limoeiro de Anadia, a Secretaria Municipal de Educação decidiu implementar uma estratégia para garantir que os alunos não fiquem parados durante a pandemia. Com planejamento envolvendo professores, coordenadores e gestores, a sala de aula entrou para a tela e dinamizou toda uma rede de aprendizagem focada em um objetivo em comum: que a educação continue chegando a todos, respeitando a particularidade de cada família.

De acordo com a secretária municipal de Educação, Glauciane Veiga, a proposta foi pensada desde o decreto que suspendeu as atividades nas escolas e tinha um objetivo de manter o elo entre os estudantes e toda a rede de educação. As atividades abrangem as turmas de Educação Infantil, Ensino Fundamental I e II, Educação Especial e Educação de Jovens e Adultos.

Com adesão e empenho da equipe docente, foi elaborado todo um plano de ação organizado em agendas semanais. “Todos os professores estão registrando as atividades, utilizando várias metodologias como gravações de vídeos explanando conteúdos educativos, contação de histórias, mensagens de otimismo,resgates de brincadeiras, confecções de brinquedos com materiais recicláveis, atividades pedagógicas que envolvem leituras e escritas”, cita a gestora.

Respeitando as individualidades

Além da diversidade de metodologias, a secretaria aposta também na diversidade de meios para dialogar com os estudantes, considerando o fato de que nem todos possuem acesso à internet. “Estamos fazendo um levantamento de quantos alunos conseguimos alcançar. Para os discentes que não dispõe das redes sociais, acontece a entrega de atividades impressas. Os diretores e coordenadores agendam com as famílias para irem até a escola buscar as tarefas dos filhos”, explica.

De diferentes maneiras de diálogo, a equipe educacional tem conseguido manter o vínculo com as famílias e alunos. “ As escolas e famílias estão de mãos dadas nesse momento. A Secretaria de Educação está conectada em uma rede educativa, orientando, acompanhando e monitorando os trabalhos educacionais complementares”, acrescenta.