As equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social estão percorrendo todas as regiões de Limoeiro de Anadia para entregar, o mais rápido possível, todas as 1798 cestas básicas encaminhadas pelo governo estadual. Além das cestas, também já estão sendo entregues os cartões do Benefício Emergencial, programa da Prefeitura de Limoeiro que prevê um suporte alimentar para os maiores prejudicados com o isolamento social e a pandemia.

Durante a chegada dos alimentos no município, o prefeito Marcelo Rodrigues chegou a gravar um vídeo em agradecimento ao governo do Estado. “Nesse momento, em nome da população limoeirense, quero agradecer ao governador pelas quase duas mil cestas básicas vindas para o nosso município para que a gente possa atender a população que em um momento tão difícil precisa desse apoio”, relatou. Imediatamente após a chegada, as equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social organizaram como seria a distribuição, seguindo as orientações da Saúde.

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Ana Paula Barbosa, os alimentos que estão sendo distribuídas por regiões são destinadas às famílias que integram o Cadastro Único e se encontram em situação de extrema pobreza, recebendo renda per capita de até R$ 89,00. “A lista das pessoas foi entregue para nós através do Estado e prosseguimos com essa entrega dividindo pelas regiões”, explicou.

Cartão com recursos do programa municipal BEM também é entregue

Para reduzir os riscos de contaminação acometidos pela exposição da população e dos funcionários, a Secretaria aproveitou o momento para entregar também os cartões com recursos depositados pelo Município que integram o cartão do Benefício Emergencial, o BEM. Através da moeda social, os beneficiários poderão fazer compras exclusivamente no próprio município – o que reforça, ainda, a economia local.

Ainda segundo a secretária Ana Paula, nas próximas semanas chegarão também as cestas básicas que fazem parte do Benefício Emergencial, de modo que haverá uma nova entrega. Neste momento de pandemia do Coronavírus, a secretária reforça a importância da gestão se voltar à população em condição de maior vulnerabilidade.

“Desde que começou a pandemia, a Prefeitura de Limoeiro tem se reunido para potencializar as políticas sociais à população que vai ser a maior prejudicada com a quarentena, com a impossibilidade de trabalhar, com as crianças em casa. A Assistência Social vem atuando o tempo inteiro e em busca ativa para garantir que as pessoas fiquem em casa com segurança alimentar, com a garantia de terem o necessário”, explicou.

As entregas já ocorreram em diversos povoados como Baixa da Areia, Caujeiro, Craíbas, Chã do Arame, nos sítios Canto 1, 2 e 3, em Camadanta, Cadoz, Estivas e Jequiá do Sá.