Medida foi adotada para evitar aglomeração e é destinada a pessoas que não conseguiram solicitar o auxílio pela internet ou aplicativo de celular; Secretaria de Assistência Social também oferta número para tirar dúvidas sobre benefício

Com o intuito de evitar aglomerações e evitar contaminação pelo Coronavírus, a Prefeitura de Limoeiro de Anadia está disponibilizando, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, pelo menos nove pontos fixos no município para quem não conseguiu solicitar seu Auxílio Emergencial pela internet ou aplicativo do celular. O atendimento é destinado aos beneficiários que têm encontrado dificuldade em preencher o formulário pelo aplicativo do celular, ou que estão sem acesso à internet.

O cadastro para receber o auxílio foi liberado nesta segunda-feira, 06, e destina a quantia de R$ 600 para trabalhadores informais, MEIs, autônomos, desempregados, e pessoas cadastradas no CadÚnico. Para receber o benefício, a pessoa também precisa ter mais de 18 anos, receber renda individual de até R$ 522 reais ou renda familiar de até R$ 3135. No máximo, duas pessoas por família podem solicitar o recurso e mães solteiras podem pedir até duas cotas do benefício, ou seja, R$ 1200.

O cadastro é feito unicamente através do aplicativo CAIXA AUXÍLIO EMERGENCIAL ou pelo site http://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio . Quem já possui CadÚnico não precisa realizar novo cadastro, mas pode tirar dúvidas através do site ou do aplicativo.

Pensando em parcela da população que pode ter alguma dificuldade para acessar o formulário, a Secretaria Municipal de Assistência Social disponibilizou, ainda, o número de telefone e whatsapp (82) 65654 para tirar dúvidas.

Quem não conseguir realizar o cadastro e precisar de um suporte, o órgão organizou nove pontos já confirmados.

Confira os locais:

Segunda a sexta-feira, das 8h às 14h:

Centro: Sede do Bolsa Família e a Sede da Secretaria Municipal de Assistência Social
Genipapo: CREAS
Pé Leve: CRAS

Terça-feira, das 8h às 14h:

Camadanta: Escola Municipal Pedro Araújo
Miracema: Escola Municipal João de Deus Barbosa
Jequiá de Sá: Escola Municipal Izabel Ferreira Bóia
Mamoeiro: Escola Municipal José Teodoro
Cadoz: Escola Municipal Pedro Ferreira

Quarta-feira, das 8h às 14h:

Jequiá: Escola Municipal Izabel Ferreira Bóia

A Secretaria atentou, ainda, que os horários de atendimento serão sempre das 8h às 14h. É preciso ter em mãos CPF e o CPF de seus familiares que moram na mesma residência, documento de identidade (RG) , número de telefone para contato, e o cartão do banco (qualquer banco). Também é preciso portar um aparalho de celular, mesmo sem internet, uma vez que a mensagem é enviada por SMS para o beneficiário.

Como solicitar o Auxílio pela internet ou aplicativo

O Auxílio Emergencial é destinado a trabalhadores informais, autônomos, e cadastrados no CadÚnico, no valor de R$ 600 durante três meses. O recurso pode ser solicitado por até duas pessoas dentro do mesmo reduto familiar, e mães solteiras podem solicitar duas cotas por mês, ou seja R$ 1200.

Para ter direito ao auxílio, é preciso cumprir alguns requisitos:

– Maiores de 18 anos
-Trabalhadores informais, sem carteira assinada ou desempregados, agricultores, MEI
– Ter renda mensal familiar (toda a família junta) menor que três salários mínimos ( R$ 3.135)
OU Ter renda individual de até meio salário mínimo (R$ 522)
Não estar recebendo aposentadoria, BPC, seguro-desemprego, salário maternidade, ou auxílio-doença

Como faz para conseguir o auxílio:

– Se você já tem Cadastro Único (CadÚnico) ou recebe o benefício Bolsa Família:
Receberá automaticamente o maior valor.

Se você NÃO TEM Cadastro Único e tem direito a auxílio:

1. Solicite auxílio no aplicativo do celular CAIXA AUXÍLIO EMERGENCIAL ou no site http://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

2. Cadastre seus dados pessoais

3. Informe sua renda
Lembre que ela deve estar de acordo com os requisitos
A reposta pode demorar até cinco dias

Tenha em mãos: documento de identidade (RG), o seu número de CPF, o número de CPF de seus familaires, Aparelho de celular, Número de telefone para contato e o cartão do banco (qualquer banco).

Como saber se você está no Cadastro Único (CadÚnico)?

– Se sua família está cadastrada no Programa Bolsa Família, Programa do Leite, ou algum outro programa do CRAS, vocês já têm o CadÚnico

Atenção!

Quem recebe o Bolsa Família: o auxílio irá substituir o valor do Bolsa Família, e não se somará a ela.

E CUIDADO COM GOLPES E FAKE NEWS

Desde que o programa foi liberado, também surgiram diversos sites, ligações e mensagens de whatsapp com golpistas querendo recolher dados de beneficiários. Neste sentido, é preciso reforçar que o auxílio emergencial só pode ser requerido no site da Caixa. Se não souber como fazer ou precisar de ajuda, ligue para o telefone ou envie mensagem de whatsapp para a Secretaria de Assistência no número 82 8151 9473 ou procure os pontos oficiais fornecidos pela Secretaria Municipal de Assistência Social.

Tenha em mãos: documento de identidade (RG), o seu número de CPF, o número de CPF de seus familiares, Aparelho de celular, Número de telefone para contato e o cartão do banco (qualquer banco).

Usuários do Banco do Brasil

Pessoas que possuem conta no Banco do Brasil e que já estão inseridas no Cadastro Único, ou identificadas previamente pelo Governo Federal como beneficiárias do Auxílio Emergencial já podem estar com seus recursos liberados diretamente pelo cartão do Banco do Brasil, pois o auxílio tem sido liberado automaticamente em uma Poupança vinculada do BB. De acordo com informações repassadas pelo BB à  Secretaria Municipal de Finanças, a agência bancária recomenda ainda que, antes de sair de casa, acesse o site http://bb.com.br/auxilio