Limoeiro de Anadia

Missa, quermesse, leilão de gado, apresentação de bandas de pífano, procissão e shows com bandas locais e nacionais. É assim que os limoeirenses festejam o 8 de dezembro, dia da padroeira da cidade, Nossa Senhora da Conceição. Mas as comemorações começam bem antes, no dia 30 de novembro, e agitam a cidade.

Todos os anos, a Prefeitura de Limoeiro de Anadia, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, elabora uma programação diversificada que agrada a todos os públicos. São nove dias de muita alegria e fé cristã.

No período junino, Limoeiro de Anadia se enche de brilho e se transforma em um imenso arraial, graças ao incentivo da Prefeitura às diversas tradições culturais características da época, resgatando umas das mais tradicionais manifestações culturais do povo nordestino.

No Carnaval a alegria toma conta das ruas de Limoeiro de Anadia. Os festejos têm início com as prévias organizadas pela Prefeitura, abrindo oficialmente o reinado de Momo. Os blocos de rua dão o tom da festa, arrastando foliões ao som de trios elétricos e orquestras de frevo.

Servidores públicos, professores, alunos e população em geral se misturam nos blocos, num clima de alegria e paz. Bonecos gigantes dão um brilho especial à festa, resgatando a tradição dos antigos carnavais.

O prefeito de Limoeiro de Anadia, Marlan Ferreira, esteve mais uma vez em Brasília em busca de investimentos federais para a realização de obras na cidade.

Na última quinta-feira (5), em reunião com o senador Benedito de Lira, o prefeito reivindicou a construção de uma nova adutora no município, para melhorar o abastecimento de água dos povoados Olho D'água da Pedra, Timbó de Cima, Jacaré, Genipapo, Terra Nova, Tipi, além da cidade de Limoeiro.

Todos os anos, no início de janeiro, dentro das comemorações do Dia de Reis, cerca de 1000 a 1500 pessoas partem de Limoeiro de Anadia em romaria a Juazeiro do Norte, no Ceará, para prestar homenagens, pagar promessas e pedir a benção ao Padre Cícero Romão Batista. Um ato de fé que mobiliza milhares de romeiros de diversos povoados.

Criado em 2009, o Festival do Limão vem superando as expectativas em participação popular. O público aumenta a cada ano, lotando as ruas centrais do município.

A Festa de São Sebastião já se consolidou no calendário cultural e religioso de Limoeiro de Anadia. De 11 a 20 de janeiro, a cidade ganha um brilho especial com a realização de quermesse, missa, leilão de gado, apresentações dos Quilombos e do Reisado do Distrito Pé Leve, além da tradicional procissão, um ritual de muita fé e religiosidade.

A alma de um povo é sua cultura, sua fé e seus costumes. E preservar essas tradições significa manter viva a sua memória. Foi pensando nisso que a atual administração investiu no resgate de diversos eventos festivos que representam a identidade cultural de Limoeiro de Anadia e narram o passado de um povo que, através da arte, mantém viva suas raízes.

O sonho acalentado há anos começou a tomar forma em março de 2010, quando o a administração municipal apresentou o projeto do Polo Multissetorial de Limoeiro de Anadia para empresários e representantes da área de desenvolvimento econômico do Governo do Estado, que atestaram a viabilidade e a importância do empreendimento para o crescimento de toda a região do Agreste alagoano. Com uma área de 151 mil m², o distrito industrial está localizado às margens da rodovia AL 220, próximo ao Distrito Pé Leve, e possui 19 lotes.

Outro importante mecanismo para a estruturação das ações de segurança pública em Limoeiro foi a sanção da Lei 104, de 8 de Maio de 2013, que cria o Conselho Municipal de Defesa Social, órgão consultivo, deliberativo e de assessoramento nas discussões de políticas públicas de proteção da população.

Também fica criado pela mesma lei, o Fundo Municipal de Defesa Social, como instrumento de captação, controle e aplicação de recursos públicos e privados destinados ao financiamento de planos, programas, projetos e ações de segurança pública .

Páginas

Subscrever RSS - Limoeiro de Anadia